Alan Santiago

Alan Santiago Silva nasceu em Brasília (DF) em 1980. Quando eu tinha uns seis anos eu falei para os meus pais que eu queria ser escritor. Não imagino o motivo de ter falado isso. Quando tinha uns dez anos tentei escrever um livro, não tinha noção do que estava fazendo, o livro não passou da primeira página.

O meu primeiro contato com o mundo das histórias escritas foi ouvindo minha mãe ler para mim e meu irmão gibis da Turma da Mônica. Quando aprendi a ler, continuei lendo os gibis. Na adolescência eu acabei me afastando do hábito da leitura, que só fui readquirir na época do pré-vestibular e desde então não parei de ler.

Me formei em Jornalismo na UVV no Espírito Santo e em Publicidade e Propaganda no UniCeub em Brasília. Trabalhei em grandes agências de comunicação do Brasil e participei nas relações públicas de grandes eventos esportivos mundiais.

Apaixonado por esportes, comida, televisão, história e pesquisa comecei a me aventurar no mundo literário e publiquei o meu primeiro livro em 2015, O Início da NFL: 1920-1952, que mergulha na história das franquias que construíram a NFL e fez a liga esportiva mais assistida no mundo.

Depois me aventurei no mundo gastronômico com o livro, Faça o seu Próprio Hambúrguer: 50 Receitas da Refeição Favorita de quem Gosta de Gordice, que como o próprio nome diz, traz receitas desse prato que todos gostam, ou que pelo menos o autor gosta o livro também foi lançado em inglês.

Posteriormente foi a hora de escrever o meu primeiro romance, intitulado: Umami – A Receita da Vingança. O primeiro livro do projeto de três livros que se passam no mesmo universo, apesar de serem independentes.

Por último lancei o segundo livro sobre futebol americano: NFL em Números: Todos os jogos da NFL, livro estatístico com todos os confrontos diretos na temporada regular e playoffs de todos os times que já disputaram a liga.

Apesar de ser leitor dos mais variados autores, como Machado de Assis, Manuel Antônio de Almeida, Lima Barreto, Franz Kafka, Fiódor Dostoiévski, L. Frank Baum, Charles Bukowski e J.D. Salinger, foi lendo as histórias de Sam Spade, Lew Archer e, principalmente, Philip Marlowe que desenvolvi o gosto pela literatura noir e romances policiais. Hoje continua fã dos mais variados livros, mas tem predileção pelos livros de Harlan Coben, John Verdon, Jo Nesbø e John Katzenbach.